Mais oportunidades para o teletrabalho

Se a experiência do trabalho remoto em tempo de pandemia foi boa para você, então, fique atento às novas regras que o Ministério da Economia publicou sobre o teletrabalho na Administração Pública Federal.

A Instrução Normativa nº 65, de 30 de julho de 2020 (link), estabelece orientações para a adoção do regime de teletrabalho nos órgãos e entidades integrantes do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal (SIPEC). O objetivo do novo normativo é simplificar as regras do programa de gestão para que o teletrabalho possa ser utilizado por um número maior de órgãos públicos federais, com foco em resultados e entregas.

O programa está mais abrangente!

Além de servidores públicos federais efetivos, poderão participar ocupantes de cargos em comissão, empregados públicos e contratados temporários.
Caberá ao ministro de cada pasta autorizar a implementação do programa.
Depois, cada órgão definirá, a partir de suas necessidades, as atividades que poderão ser desempenhadas a distância, e divulgará as regras do teletrabalho em sua unidade, bem como o número de vagas, plano de trabalho com metas e cronograma, critérios de avaliação e a modalidade de teletrabalho – parcial ou integral.

Acompanhamento e Controle

– Será feito obrigatoriamente por sistema eletrônico.
– As metas serão registradas em sistema e avaliadas pela chefia imediata em até 40 dias, utilizando escala de 0 a 10.
– As informações serão atualizadas semanalmente em portal do Governo Federal.

Os ganhos!

A Instrução Normativa nº 65 é mais um passo do Governo Federal para:
– Modernizar a gestão de pessoas
– Promover a motivação e o engajamento dos agentes públicos
– Potencializar a produtividade
– Aumentar a eficiência na prestação dos serviços públicos.
– Acompanhar as mudanças e inovações no mercado de trabalho
– Otimizar a utilização dos recursos públicos

Fonte: Portal do Servidor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + dois =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.